O meu objetivo número um, é ajudar os leitores a melhorar as suas vidas financeiras, e faço parcerias regularmente com empresas que partilham a mesma visão. Se a compra ou inscrição for feita através dos links dos nossos parceiros, recebo uma compensação pela indicação.

Neste artigo vou escrever as minhas principais dicas para afiliados para promoverem melhor, e de forma eficaz os seus produtos.

Nos últimos anos, o marketing de afiliados é uma forma popular de ganhar dinheiro online. 

Mas ingressar num programa de afiliados ainda não significa ter sucesso nele.

Todos os anos, a indústria vê um número crescente de novos afiliados que entram com entusiasmo no mercado, alegando ganhar milhões.

E também, todos os anos, a indústria testemunha um número considerável de editores não escrupulosos que entram em vários programas e apenas inserem links de afiliados onde podem.

Obviamente, com uma abordagem como essa, os editores não ganham os milhões esperados.

A maioria não ganha quase nada. Uma parte deles desanima e desiste, deixando comentários em fóruns de que o marketing de afiliados está morto e não pode realmente ganhar lá.

A outra parte passa a analisar as suas ações e tentar corrigir os erros cometidos.

Surge então um monte de perguntas.

Como evitar esses erros e comercializar produtos de forma eficaz? O que separou um editor diligente daquele que está aqui atrás de dinheiro rápido? 

E quais são as dicas para os iniciados terem sucesso e serem levados a sério pelos anunciantes? 

Vamos descobrir passo a passo.

É verdade que pode ganhar dinheiro com marketing de afiliados?

Gostar de uma página facebook

Na verdade, algumas pessoas afirmam ser possível ganhar até milhões de dólares por ano com marketing de afiliados.

Mas vamos ser francos. E também realista. Não pode fazer uma fortuna em marketing de afiliados da noite para o dia.

Levará muito tempo e esforço antes de se tornar uma receita passiva significativa.

O sucesso no marketing de afiliados é sobre persistência e natureza contínua.

Depois que finalmente recebe 300 $ por dia, ninguém pode garantir que esse será seu ganho mínimo diário. É mais um caráter de efeito de acumulação. 

Pode não receber nada por vários meses; então, depois de um tempo, começa a receber as suas primeiras comissões.

E após ganhar uma renda modesta, as pessoas conseguem um lucro maior. É uma questão de escolher o nicho certo e a estratégia certa.

E há muitos casos opostos em que os profissionais de marketing de afiliados passaram de rendas altas a péssimos.

É possível atingir a receita desejada em marketing de afiliados. Mas como os afiliados podem escapar dos erros e ter sucesso?

Nos próximos parágrafos, compartilharemos várias recomendações que o ajudarão a obter mais visibilidade online para a sua marca e produtos promovidos.

1. Trate cada produto afiliado como se fosse seu

Em vez de uma atitude de “registe e deixe um link”, desenvolva a sensação de que cada produto que promove é uma fração da sua marca.

A maneira como promove um produto reflete você e o seu sucesso em marketing digital. 

Provavelmente trabalhará com dezenas ou centenas de projetos diferentes. "Por que eu me importaria se há muitos deles?" alguns podem se perguntar. 

O resultado no marketing de desempenho não é apenas referir-se a um produto, mas apresentá-lo de uma forma que outros clientes gostariam de comprá-lo.

No final, o seu ganho depende do sucesso do produto. Se produz conteúdo de qualidade, tem mais hipóteses de atrair e converter.

Pense como um profissional de marketing, considere o que é essencial para os consumidores e dê a eles o que desejam.

Precisa criar uma boa reputação e emoções felizes em torno do produto, para que as pessoas o aceitem.

2. Não negligencie a qualidade em prol da quantidade

A correlação entre o tempo gasto no marketing de afiliados e a receita recebida dele não é como um efeito bola de neve.

Ninguém pode garantir que cada novo programa de afiliados trará-lhe o mesmo alto lucro. Alguns podem trazer muito; outros podem trazer menos.

O que é verdade é que a qualidade e a diligência colocadas na promoção compensam.

Não basta publicar um produto. Precisa trabalhar no conteúdo e na propaganda com cuidado.

Algumas afiliadas podem negligenciar a qualidade em relação à quantidade e, como resultado, deixar de ter um bom desempenho.

Desta forma, é uma pergunta que todo afiliado deve se fazer, eles têm recursos suficientes para mais um produto?

Às vezes, ter menos programas, mas bem promovidos, pode gerar mais receita do que vários produtos nos quais mal coloca esforço e criatividade.

3. Diversifique os canais de promoção

Não é segredo que algumas plataformas servem melhor do que outras para diferentes nichos de afiliados.

Para gerar mais resultados e serem aceites em novos programas, os editores precisam apresentar experiências diversas com plataformas promocionais.

Além disso, seria uma grande vantagem para você se pudesse demonstrar aos anunciantes diferentes exemplos do seu trabalho.

nichos de mercado

Abaixo encontrará as plataformas mais populares para promoção de produtos em marketing de afiliados

Plataformas mais populares para promoção de produtos em marketing de afiliados

Redes sociais

As plataformas de redes sociais são um ótimo lugar para compartilhar informações sobre o seu produto de uma forma menos promocional.

Uma das suas vantagens é um público amplo e diversificado.

Vamos mergulhar nas três plataformas de redes sociais mais populares entre os comerciantes afiliados; eles são Instagram, Pinterest e Facebook.

Construa a sua rede

1. Instagram

Já se passou muito tempo desde que o Instagram como plataforma cruzou a linha de "apenas partilhar fotos favoritas" para "todo o ciclo de promoção de produtos".

No início, o Instagram era mais sobre influenciadores.

Não foi fácil rastrear os resultados; portanto, o Instagram foi usado principalmente para campanhas de consciencialização da marca. 

Porém, com o avanço dos novos recursos, tornou-se possível a abertura para campanhas de CPA.

Como os afiliados podem trabalhar com campanhas de CPA no Instagram?

No momento, existem opções para comprar diretamente do Instagram ou receber o encaminhamento para instalar um aplicativo ou se registar para um evento, etc.

Hoje em dia, os afiliados têm mais opções para promover produtos:
  • Ponha um link de afiliado na biografia do Instagram;
  • Adicione um link em publicações promocionais pagas;
  • Incluir um link nos comentários numa publicação;
  • Em vez de links, o afiliado pode usar cupões com descontos ou incentivos;
  • Etiquetas compráveis;
  • Histórias com links.

2. Pinterest

Pode pensar no Pinterest como um mecanismo de busca de média.

As pessoas geralmente vão lá em busca de inspiração.

Mas, após mergulhar numa variedade de ofertas do Pinterest, eles percebem que todos esses produtos estão a um minuto de distância.

Não, é algo inventado, limitado ou esgotado. É um produto que pode comprar facilmente. 

Enquanto passam por belas fotos, os utilizadores não percebem a princípio qual comerciante está por trás de um produto.

Eles não definem nomes de marcas ou limites de preços depois que carregam um site.

É uma excelente oportunidade para algumas marcas se tornarem mais reconhecidas mundialmente. 

Portanto, se você criar painéis de atração eficazes, as suas hipóteses de atrair clientes serão muito altas.

pin pinterest joao botas
Como se faz isso?

Na sua página, cria pinos que conectam os visitantes do site a diferentes produtos e levam às páginas dos produtos, caso os visitantes estejam interessados.

Aqui estão algumas opções de como isso pode funcionar:
  • Afiliados podem adicionar links de afiliados a pins que levam diretamente ao site do produto;
  • O afiliado pode criar pins que levam os utilizadores ao seu site que contém materiais afiliados.
Quais produtos são os melhores para o Pinterest?

O Pinterest é um ótimo lugar para conteúdo sobre moda, destinos de viagens, faça você mesmo, culinária, livros, design, blogs sobre blogs, pinturas, produtos para crianças, etc.

3. Facebook

O Facebook também mantém a sua posição entre as plataformas sociais mais populares para marketing de afiliados.

Existem várias maneiras de aproveitar essa plataforma para promoção de produtos.

Pode publicar anúncios no Facebook; esta é provavelmente a maneira mais eficaz de alcançar o público de bilhões de pessoas do Facebook.

E em comparação com pop-ups irritantes, os anúncios do Facebook são muito fáceis de usar.

Dessa forma, pode ver muitos produtos da Amazon anunciados no Facebook. 

Eles aparecem no feed de notícias dos utilizadores, entre todas as outras atualizações que os utilizadores recebem dos seus amigos e familiares.

Alguns anúncios podem ser até mesmo difíceis de distinguir das publicações dos utilizadores se a deslizarem rapidamente.

publicação facebook joao botas

A outra maneira é partilhar informações através de publicações no Facebook em páginas pessoais ou comerciais.

Também pode pesquisar comunidades relacionadas ao setor e tentar alcançar os proprietários dos grupos com o seu material promocional. 

Neste último caso, provavelmente terá que pagar pela listagem, a menos que o seu conteúdo tenha valor educacional com o promocional.

Para torná-lo gratuito, pode sugerir fazer promoção cruzada e publicar artigos de convidados na sua página; para uma publicação específica ou para publicações em perspetiva.

Quando trabalha com promoção de produtos, precisa construir relações com os parceiros de média de qualquer maneira.

Blogs e Vlogs

Os blogs não morreram em 2020. As pessoas ainda procuram informações online e leem o que agrega valor.

Assim, começar um blog, criar uma estratégia de conteúdo de longo prazo e otimizar o SEO do seu conteúdo é uma boa maneira para os afiliados desenvolverem a sua marca e promoverem produtos.

Os tipos de artigos mais comuns que funcionam no marketing de afiliados são análises de produtos, comparação de produtos, guias passo a passo, seleção das melhores ferramentas, recomendações, partilha de experiências, infográficos, opiniões de especialistas com exemplos intuitivos de produtos, etc. 

blogging

Se não tem tempo suficiente para escrever artigos regularmente, pode sempre convidar pessoas, autores.

Há muitas pessoas divulgando as ideias dos artigos.

Apenas se certifique de que eles estejam alinhados com a sua estratégia de conteúdo, e também pode usar esse conteúdo.

Marketing de Vídeo

Tudo o que pode fazer ao blogar, pode se transformar em vblog. 

A menos que seja tímido e a sua mente fique em branco na frente da câmara.

Às vezes, as pessoas ficam entediadas com a leitura, e vídeos úteis e criativos são uma boa alternativa. 

Se ensina as pessoas a fazer algo ou demonstra como os produtos funcionam, o formato de vídeo pode ser ainda melhor, eles mostram todo o processo e o tornam mais acessível e realista para os utilizadores.

O nível de confiança aumenta à medida que eles veem todas as ferramentas que usa no processo e que tudo é real.

O canal mais difundido é o Youtube. Hoje em dia, muitas pessoas percebem o Youtube não como uma plataforma de vídeo de entretenimento, mas como um motor de busca de vídeos.

Se pesquisar algo no Google, verá muitas vezes sugestões de vídeos correspondentes nos resultados da pesquisa. 

E o Youtube tem um grande público, esse é um grande argumento a favor de fazer marketing de afiliados lá.

vídeo marketing

E o tipo de conteúdo que vende no Youtube não é muito diferente das publicações de blogs.

É também sobre análises de produtos, guias passo a passo, listas das melhores ferramentas, artigos de recomendação, partilha de experiências, opiniões de especialistas, etc.

Email marketing

O email marketing é outra excelente forma de promover produtos. Ter uma lista de email considerável abre muitas oportunidades para afiliados. 

Hoje em dia, muitas pessoas preferem confiar nas recomendações de amigos, pessoas que conhecem, marcas em que confiam, etc.

Ao subscrever um formulário de email, as pessoas depositam a sua confiança; eles sabem que produz conteúdo valioso e gostariam de receber atualizações suas. 

email marketing

As campanhas de email podem ser de um tipo diferente.

Eles podem ser promocionais e oferecer produtos diretamente, por exemplo, anúncios de vendas ou ofertas exclusivas. 

Eles também podem ser mais educacionais, como newsletters mensais, coleta das melhores ferramentas / recomendações, estudos de caso, notícias, atualizações, etc.

Webinars e cursos online grátis

Vemos muitos webinars ou cursos online gratuitos disponíveis na web.

A parcela de valioso conteúdo educacional dentro do qual varia a depender de um curso. 

E os webinars podem variar desde aqueles quase sem valor até os benéficos.

Quer eles agreguem muito valor ou não, os webinars online visam vender algo mais.

Um webinar pode ter como objetivo o produto de um anfitrião (palestrante) ou ser desenvolvido para vender produtos de outros comerciantes.

webinars

Ao fornecer a essência de um tópico de webinar, o anfitrião pode começar a recomendar um conjunto de ferramentas necessárias.

Por exemplo, o curso é sobre um estilo de vida saudável. Inevitavelmente, receberá recomendações sobre certos rasteadores de condicionamento físico, aplicativos de sono saudável, queimadores de gordura ou rasteadores de calorias, etc.

Banner de anúncio e campanhas PPC

Além de localizar links de afiliados para artigos e comentários em publicações, também pode adicionar links de afiliados em banners de anúncios no seu site e executar campanhas PPC. 

Os banners Pop-under podem ser relativamente amigáveis e eficazes.

Eles diferem dos popups que aparecem no meio da tela, bloqueando todo o conteúdo. 

Os Banners Pop-under aparecem apenas na lateral do conteúdo, não bloqueando o conteúdo principal.

Uma boa opção também será colocar banners de anúncios no cabeçalho ou rodapé do site, ou entre os parágrafos dos artigos.

campanhas ppc

O problema com os banners de anúncios é que não deve exagerar.

Os Banners publicitários por si só não trazem tanto lucro, adicione banners no lugar certo onde eles possam ser úteis.

Não irrite os utilizadores com a quantidade.

Organize a sua estratégia de conteúdo, e, portanto, os banners de anúncios de uma forma que faça sentido e seja útil.

Podcasts

Mesmo que o podcasting tenha perdido a sua popularidade nos últimos anos, a melhor coisa sobre ele é seu público fiel.

O podcasting é uma maneira excelente de construir uma história em torno de um produto e vendê-lo de uma forma muito intuitiva.

Os ouvintes dos podcasts confiam muito nos proprietários dos podcasts.

Caso contrário, eles não gastariam até 2 horas ouvindo-os. 

Assim, sem dúvida, eles considerarão as suas recomendações se o tema for relevante para eles.

podcasting

A razão pela qual, o podcasting não é uma atração principal em marketing é o seu longo processo para construir o seu público.

Os podcasts duram de 20 minutos a 2 horas. Aposto que vai pensar duas vezes antes de alocar uma hora para um podcast específico.

Gastará esse tempo em algo em que confia e sabe que tem valor interior.

Isso nos leva à conclusão de que é necessário ter um público muito fiel que irá ouvir o podcast o tempo todo. 

Além disso, é preciso adorar o que eles fazem.

Eu sugeriria que as pessoas que gostam de podcasting e veem os seus podcasts crescendo deveriam monetizar os seus podcasts com produtos afiliados mais tarde. 

Mas prepare-se para trabalhar muito no conteúdo e ganhar a lealdade do público primeiro.

Conclusão

Pode ter visto alguns bloggers deixando pequenos parágrafos no topo ou no final dos seus textos sobre a possível presença de links afiliados.

Hoje em dia, é considerado um bom-tom divulgar a participação em programas de afiliados. E em alguns casos, é muito apropriado.

Ao deixar essas notas, alguns bloggers também podem acrescentar que esses são apenas produtos em que eles próprios confiam. 

Nunca saberemos se é verdade ou não, mas ser franco com o seu público é um bom-tom. 

Além disso, pode até evitar o risco de remover tags de afiliados no URL. Pode ser um problema às vezes.

Nem todas as pessoas entendem o que é um link de afiliado e como, em geral, o marketing de afiliados funciona. 

Alguns estão equivocados e temem que os afiliados recebam uma comissão sobre um preço e que eles, clientes, paguem um preço mais alto.

Quando, na realidade, pagam o mesmo preço e os afiliados recebem uma percentagem do preço inicial do produto.

Espero que tenha gostado desta publicação das principais dicas para afiliados para promover produtos, seja o seu ou como afiliado de um produto.

Sobre o Autor

Joao Botas

João é um profissional de marketing digital com mais de uma década de experiência em negócios online. Ao longo da sua carreira, ele ganhou experiência em todas as áreas do marketing digital, desde redes sociais até publicidade paga. Ele trabalhou em projetos de clientes e projetos de afiliados. Hoje, ele está focado em construir novos projetos e direcionar tráfego através de SEO e publicidade paga.