Como Começar um Negócio de Roupas Online de Sucesso

No artigo de hoje, falaremos sobre como começar um negócio de roupas online, de modo a alavancar o seu negócio de venda de roupas online.

Adora roupas, é apaixonada e talentosa, e decidiu que não quer trabalhar para esse homem pelo resto da vida.

Vai se tornar um empresário e começar a sua própria linha de roupas!

Esta jornada, sem dúvida, será desafiadora e empolgante, então precisa se preparar adequadamente.

Aqui está a “lista de verificação” para começar a sua própria linha de roupas, começando desde o início.

Como começar um negócio de roupas online

Loja de entrega direta

Tem as habilidades certas?

Quais são os seus antecedentes?

Ter ideias criativas para roupas deslumbrantes é um ótimo começo. 

Mas geralmente, será algo entre o ideal e o obrigatório ter algum treino ou educação em design, têxteis e criação de vestuário, costura ou alteração.

Embora possa ter roupas fabricadas numa fábrica em grande escala, precisará ser capaz de costurar e desenhar inicialmente para que possa produzir conceitos para as fábricas aderirem.

Além disso, é sempre uma boa ideia testar as suas ideias com um PMV (produto mínimo viável), o que significa que testa os seus projetos criando uma pequena tiragem antes de investir na produção em grande escala.

Se ninguém comprar uma corrida de trinta saias, por exemplo, perderá significativamente menos do que se financiar uma corrida de 20.000 sem verificar se as pessoas vão comprar ou se os retalhistas estarão interessados.

Ter aulas de marketing, design, têxteis ou negócios é sempre um benefício na indústria do vestuário.

Mas estudar no seu próprio tempo também é uma boa opção a considerar se não estiver interessado ou não precisar de educação formal.

O conhecimento universitário quase sempre o ajudará a expandir a sua base de conhecimento e dará-lhe acesso ao feedback de profissionais e colegas, mas, em última análise, o desenvolvimento de projetos criativos é pessoal, tem a ver com o seu próprio estilo e habilidade.

É adequado para ter uma linha de roupas?

Tem experiência artística, uma forte ética de design e uma verdadeira paixão pela criação de uma marca?

Sim? Ótimo, provavelmente está bem preparado para administrar a sua própria linha de roupas.

O termo “linha de roupas” se refere a desenhar e produzir as suas próprias roupas, controlando e direcionando o processo do início ao fim. 

Na verdade, há apenas uma coisa de que precisará 100% se quiser ter sucesso no setor.

Paixão.

Realmente não importa qual caminho decida seguir com a sua linha, esta é uma indústria onde pessoas sem paixão se destacam.

Embora todos digam que não importa qual seja a sua empresa, precisa de paixão de qualquer maneira, esse simplesmente não é o caso atualmente. 

Para ser franco, existem vários setores que permitem que comece um negócio perfeitamente bem-sucedido sem nunca ter uma verdadeira paixão pelo setor ou pelo modelo de negócio em si.

Quando se trata de roupas, no entanto, realmente precisa ter uma paixão genuína pelo que produz.

Sem ele, você simplesmente não se destacará e desfrutará de qualquer sucesso real. 

Também não é preciso dizer que precisa ser uma pessoa imaginativa. Ter um olho criativo é essencial.

Simplesmente não faz sentido tentar copiar o que os outros fazem na indústria da moda, simplesmente não vai dar certo.

O representante da sua marca é tudo, nunca se esqueça disso.

Então, se é criativo, apaixonado e original, então é adequado para ter uma linha de roupas.

Como temos certeza disso, por onde começar?

A primeira coisa que precisa é de um plano, e a primeira pergunta que precisa responder é:

Qual é a sua marca?

Em qualquer negócio, a marca é importante.

Mas para uma linha de roupas, é absolutamente imperativo. 

Sem uma identidade de marca forte, história afável e produto admirável, o seu negócio será esquecido pela concorrência.

A maioria das marcas tem uma grande história de origem, até mesmo o resultado é que elas foram criadas simplesmente para ganhar mais dinheiro.

Em vez de apenas escolher um estilo sem objetivo e sem motivo, pense no que deseja adicionar ao que já está disponível no mercado: luxo, qualidade, alternativas baratas, tamanhos adicionais ou até mesmo um estilo completamente novo, vale a pena pensar para criar uma base para a sua marca que também servirá de guia no futuro.

Ao definir o que deseja que a sua marca seja, baseie-se nas suas próprias experiências e personalidade.

Idealmente, toda a sua marca deve refletir você mesmo. 

Os consumidores são mais espertos do que pensa e perceberão imediatamente qualquer tentativa de branding genérico e não sincero.

Qual é o seu objetivo?

A sua meta pode ser tão grande ou pequena quanto deseja, mas embora ter uma grande meta seja bom para um futuro distante, também deve criar uma meta realista de curto prazo para o seu plano de negócios.

Pense em quanto lucro deseja obter ou o nível de conhecimento público da sua marca que deseja gerar. 

O objetivo final não precisa ser que o selo se torne um gigante global.

A sua linha pode existir como um projeto paralelo para ajudá-lo a ganhar um dinheiro extra. 

A chave é descobrir o que deseja.

Muitas marcas novas atraíram as grandes empresas para comprar o nome do proprietário e incentivar uma rápida recuperação da receita, em vez de jogar o jogo longo, varia de acordo com a sua paixão e investimento na sua marca.

Como venderá?

Em seguida, precisa decidir como pretende vender as suas roupas.

Atualmente, o comércio eletrónico é o melhor lugar para começar.

Ele mantém os custos iniciais baixos, e os principais retalhistas e distribuidores estão mais propensos a falar com você com pelo menos algumas vendas e reconhecimento de marca.

Construir um site de comércio eletrónico funcional pode ser ridiculamente fácil hoje em dia, e barato.

Pode construir um site Shopify básico por apenas US $ 29 por mês , e se for bom no lado do design das coisas, pode torná-lo bastante épico com muito pouco esforço. 

Lembre-se de que o seu site precisará refletir a sua marca, o que significa obedecer estritamente às diretrizes da sua marca.

Nada afasta os consumidores mais rapidamente do que um site mal projetado.

Outra plataforma a ser considerada é uma listagem independente num mercado de moda como o mercado ASOS ou Amazon, com a sua própria oferta de comércio eletrónico.

Isso pode realmente ajudar a aumentar a tão necessária exposição nos primeiros dias, e a criação de um hub no estilo “boutique” na ASOS em particular, que custa apenas 20 € por mês, além de uma comissão de 20% sobre as vendas, adicionou benefícios.

As pessoas confiam em plataformas como essa e, em última análise, essas vendas constroem a sua marca de maneira orgânica.

Vender diretamente aos consumidores também não é a única opção.

Dependendo dos seus objetivos e do investimento pessoal na empresa, pode considerar a venda para retalhista como armazenista. 

A demanda será muito maior e os lucros por peça individual serão menores.

Mas também torna o lado das vendas mais fácil, sem a necessidade de entregar aos consumidores ou comercializar para consumidores individuais.

Como comercializar de forma correta

Não posso enfatizar a importância da pesquisa de mercado para qualquer empresa.

Após definir a marca, o próximo passo deve ser a pesquisa de mercado.

Use (o seu melhor amigo) o Google para pesquisar as marcas de roupas que criam trabalhos semelhantes ou visando um grupo demográfico de clientes semelhante. 

Preste atenção aos detalhes sobre os concorrentes, como tamanho, marca, alcance geográfico, preço e pontos de venda exclusivos. 

Use o que aprendeu para descobrir como pode oferecer aos consumidores algo novo, diferente e, em última análise, melhor.

O marketing começa com o teste do produto no seu mercado-alvo; é uma jogada ruim fabricar 300 peças de roupa sem ter primeiro buscado feedback sobre o seu protótipo de clientes no seu mercado-alvo. 

A criação de um produto mínimo viável ajudará a identificar quaisquer melhorias de que as suas roupas precisam. 

Seja no ajuste, tamanho ou cor, poderá fazer alterações sem investir muito num produto imperfeito.

Pedir à família e aos amigos para experimentar a sua linha pode funcionar se eles fizerem parte do seu público-alvo, mas é fundamental ter certeza de que receba um feedback imparcial.

Portanto, tente encontrar algumas pessoas que não conhece para lhe dar feedback. 

Fazer tudo isso reduz o risco, se o seu produto não for viável, perderá um investimento mínimo de tempo e dinheiro, mas se for bem recebido, pode obter compras repetidas de clientes satisfeitos.

Identificar o mercado-alvo certo também é importante, pode fazer ou quebrar a sua linha de roupas. 

Pesquisar sobre quanto as pessoas estão dispostas a pagar por seu produto e quanto pagam por produtos semelhantes ajudará a definir os seus padrões de qualidade e preços.

A importância do Marketing online

marketing de afiliados pinterest

É importante fazer o básico da maneira certa.

Ao projetar a sua presença online, não tenha medo de investir nela.

Se um cliente em potencial gosta das suas roupas, mas não confia (ou não consegue navegar) nos seus sites, ele provavelmente não fará pedidos.

Invista em fotografia de produto de qualidade, as suas imagens precisam ter uma aparência profissional e estar devidamente iluminadas.

A contratação de um fotógrafo por um ou dois dias, vale o investimento.

Em segundo lugar, nem é preciso dizer que precisará de uma estratégia de marketing completa e minuciosa que o destaque.

O mercado de roupas é incrivelmente congestionado e extremamente competitivo.

Em termos gerais, é sempre uma boa ideia construir uma forte presença nas redes sociais através do Facebook e Instagram. 

Por meio desses canais, pode interagir diretamente com os defensores da marca e desenvolver uma “voz” clara para a sua linha de roupas.

Aplicar orçamentos iniciais em publicidade paga nessas plataformas é provavelmente mais vantajoso para sites de comércio eletrónico.

O seu público-alvo, nove em cada dez vezes, passará a vida nesses canais.

O modelo de segmentação de anúncios do Facebook é tão específico e nicho hoje em dia que pode realmente atingir o melhor público para a sua marca.

Além disso, antes de configurar perfis em cada plataforma nas redes sociais, certifique-se de que o seu mercado-alvo realmente os use.

O Instagram, por exemplo, não é tão amplamente adotado por pessoas com mais de 40 anos, então, se a sua variedade de roupas for direcionada a essa faixa etária, pode ser melhor ficar com o Facebook em vez de tentar o Instagram também.

Uma forma de aumentar as vendas e o reconhecimento da marca é por meio do endosso de celebridades.

A maioria dos perfis sociais listará um endereço de email para consultas de RP. 

Conseguir que as celebridades usem a sua marca aumenta em massa e tem o potencial de aumentar os seus seguidores. 

Mas seja realista.

Não dependa do endosso de celebridades como a sua principal estratégia de marketing, mas não custa tentar.

Mantenha os seus custos iniciais baixos

contabilidade

Uma das principais vantagens de começar um negócio de linha de roupas é que é relativamente fácil manter os custos baixos inicialmente.

Ao começar, elabore um plano de negócios.

Isso o ajudará a decidir e manter as suas principais áreas de enfoque e deve ajudá-lo a montar os seus orçamentos iniciais e previsões financeiras, com base nos seus custos iniciais.

É uma boa ideia anotar maneiras de minimizar os seus custos iniciais, examine a sua lista de custos iniciais e defina-os como essenciais desde o início ou como algo que pode esperar até que comece a gerar alguma receita.

A sua maior sobrecarga no início provavelmente serão as próprias roupas, e como provavelmente irá produzi-las, precisará apenas do equipamento mais básico.

Só invista em mais equipamentos profissionais quando a demanda aumentar e tiver mais capital.

Até que esteja a lidar com um stock alto, é uma boa ideia evitar alugar espaço e apenas fabricar em casa.

Isso permite que seja mais flexível com os horários de trabalho e mantenha o seu trabalho diário até o momento em que realmente descolar.

Uma despesa que deve considerar é o seguro, incluindo seguro básico para negócios, seguro para stocks ou seguro de responsabilidade civil profissional. 

Quando é pequeno e o risco é baixo, pode encontrar políticas que custam quase nada, mas, se o pior acontecer, poderá salvar.

Se outra empresa alegou que o seu design, logótipo ou marca copiava o dela, ter um seguro de responsabilidade civil profissional daria-lhe o suporte financeiro para enfrentar a reclamação.

Ele também oferece alguma proteção contra clientes insatisfeitos.

Desde o início, também deve considerar a configuração de alguns indicadores-chave de desempenho financeiro para ajudá-lo a prosperar, é fundamental ser capaz de controlar o desempenho real do seu negócio, em comparação com as suas projeções financeiras.

Pense no número de vendas, no lucro total obtido por pedido e na receita que espera gerar dentro de um determinado período.

Conclusão

Ao iniciar a sua linha de roupas, precisará encontrar o equilíbrio entre os seus padrões de qualidade, custos de produção e ganhar dinheiro.

Quase ninguém nasce com o conjunto completo de habilidades para iniciar e administrar um negócio de sucesso, então reserve um tempo para aprender sobre as partes sobre as quais não sabe muito, seja como fazer networking na indústria da moda ou como desenvolver um plano de negócios projetado para o crescimento.

Seja apaixonado, conheça a sua marca e mantenha baixos os custos de instalação! Boa sorte!

Profissional de marketing digital com mais de uma década de experiência em negócios online. Ao longo da sua carreira, ele ganhou experiência em todas as áreas do marketing digital, desde redes sociais até publicidade paga.

*O meu objetivo número um, é ajudar os leitores a melhorar as suas vidas financeiras, e faço parcerias regularmente com empresas que partilham a mesma visão. Se a compra ou inscrição for feita através dos links dos nossos parceiros, recebo uma compensação pela indicação.