O meu objetivo número um, é ajudar os leitores a melhorar as suas vidas financeiras, e faço parcerias regularmente com empresas que partilham a mesma visão. Se a compra ou inscrição for feita através dos links dos nossos parceiros, recebo uma compensação pela indicação.

Sabe o que são leads? Entenda porque eles são tão importantes e aprenda a melhor maneira de trabalhar com essa estratégia.

Se tem uma empresa que presta serviços ou vende um produto, com certeza já ouviu falar em público-alvo. Mas o que são leads ?

Uma pessoa que está interessada em algum produto ou serviço e mostra esse interesse é chamada de lead.

Esse tipo de cliente é essencial para o crescimento da sua marca, independente do nicho de atuação do seu negócio.

Afinal, ter as informações de contacto de várias pessoas em troca de informações é uma ótima maneira de descobrir como transformá-las em clientes.

Nesta publicação, vamos ajudá-lo a entender melhor o que são leads e por que deve se preocupar com eles.

O que são leads?

Em geral, lead é alguém que entra em contato com sua marca em busca de conhecimento ou mais informações sobre seu produto.

Para fazer isso, eles estão dispostos a deixar seus dados de contato pessoal para receber uma oferta de conteúdo, geralmente informativa.

Mas você sabe onde pode pedir as informações de contato do seu cliente?

Formulários de assinatura para recebimento de materiais diversos ou mesmo para assinatura de newsletter são excelentes para isso.

Assim, saberá quem está realmente interessado em saber mais sobre os seus produtos.

Mas nem todos que seguem a sua marca na Internet podem ser considerados leads.

Existem algumas diferenças fundamentais que precisa saber para poder classificar os seus utilizadores.

  • Visitantes são as pessoas que acedam ao seu site num determinado período. Eles não são necessariamente visitantes frequentes, mas sabe que já estiveram lá antes.
  • Assinantes são aqueles que se cadastram na sua newsletter e seguem a sua marca nas redes sociais. No entanto, a princípio, eles querem apenas obter conteúdo informativo. Eles ainda não sabem que têm um problema que precisa de solução. Mas o interessante é que os assinantes querem aprender mais, por isso acedam à sua página. Eles são leads em potencial.
  • Leads são utilizadores que estão ao alcance da empresa. Como já possui informações como endereço de email ou até mesmo número de telefone, pode pensar em estratégias para torná-los os seus clientes. No mercado digital, o endereço de email é a informação fornecida por um lead.

Mas por que é tão importante ter as informações de contacto pessoal de alguém?

O email é um dos principais canais de comunicação da Internet.

Portanto, é uma ferramenta poderosa. Esse tipo de contacto é baseado em pessoas reais que deram permissão para você falar com elas.

Portanto, o lead não é apenas uma pessoa que forneceu as suas informações pessoais à Empresa.

Ela é um contacto qualificado. O que significa que ela é alguém que já identificou um problema e sabe que precisa de uma solução.

Para alguns estudiosos de marketing, existe um tipo de lead chamado lead qualificado.

Porém, esta é apenas uma denominação e depende da sua linha de estudo.

Portanto, para os propósitos desta publicação, lead é qualquer utilizador que já considera comprar um produto ou contratar o seu serviço, mas ainda deseja obter mais informações sobre a sua marca.

Resumindo: um cliente potencial é um cliente potencial que mostra interesse por uma determinada marca, produto ou serviço.

Para que servem os leads?

No marketing digital moderno, a quantidade de informação disponível dá ao consumidor a oportunidade de pesquisar por si mesmo em redes sociais, guias de compras, comparar preços em diferentes sites, assistir a vídeos de outros utilizadores, entre outros, qualquer coisa que eles precisem saber antes fazer uma compra.

Na verdade, é altamente provável que a maioria dos consumidores já tenha percorrido cerca de 60 a 90% da jornada do comprador no momento em que entra em contacto com você.

Embora ter todas essas informações do outro lado da tela seja como passear por um corredor infinito de vitrines, sem interação alguma.

A geração de leads está a convidar a vir ao balcão e iniciar um diálogo para que possa oferecer informações e ofertas especiais que possam ser do seu interesse.

Basicamente, os leads destinam-se a auxiliar os seus clientes em potencial.

Como os leads são gerados?

A geração de leads não se trata apenas de colher emails de todos os seus visitantes, mas apenas daqueles que podem se tornar clientes em potencial.

Normalmente, esses utilizadores chegam ao seu site por meio do marketing de mecanismo de pesquisa ( SEM ) ou de uma pesquisa do Google (SEO), aguardando as suas informações.

Os impulsionados pela publicidade chegam a uma landing page que os convida a se inscreverem através de uma escrita persuasiva, em troca de alguns benefícios.

Por outro lado, aqueles que vêm de SEO recebem conteúdo adicional com valor extra (como um artigo para download ou uma ferramenta multimédia) em troca dos seus dados de contacto. 

Esses convites são atualmente chamados de “Lead magnets”.

Após criar um banco de dados de leads, eles são divididos e classificados em três secções do funil de vendas, de modo a enviar a eles informações e ofertas especiais que possam ser mais eficazes.

O que é um Lead magnet?

Entender quem são as pessoas que têm um interesse específico na sua marca é ótimo para as suas estratégias de marketing.

Mas precisa pensar em maneiras interessantes atrair e fazer com que os leads se tornem clientes.

Isso é o que chamamos de lead magnet .

Não adianta ter pessoas interessadas no seu serviço, que já forneceram o seu endereço de email, se em algum momento não gerarem lucro.

Precisa nutrir os seus leads. Isso significa ir até o fim, desde as informações de contacto pessoal até a transformação num comprador.

Esse caminho que o lead segue até o momento em que conclui a venda é conhecido como jornada do comprador ou funil de vendas .

Em outras palavras, é o que a pessoa faz pela empresa. São as experiências pelas quais ela passa até comprar o seu produto.

Esta jornada é dividida em três etapas:

  1. 1
    Conscientização: quando uma pessoa enfrenta ou expressa sintomas de um problema. Nesta fase, a pesquisa feita pela utilizadora é mais informativa, ela quer entender o problema que ela tem.
  2. 2
    Consideração: a pessoa já estabeleceu o seu problema e o nomeou. Ela quer entender as abordagens e métodos disponíveis para resolver o que ela descobriu.
  3. 3
    Decisão: a estratégia ou método para resolver o problema já foi escolhido. Então, essa é a fase em que a compra é feita. O utilizador se torna um cliente.

Em todas as etapas da jornada do comprador, pode ajudar o seu cliente a entender melhor os seus problemas.

E como pode fazer isso?

Ao criar conteúdo completa e inovadora de educar as pessoas olhando para o seu serviço.

As pessoas que procuram a sua marca e deixam os seus dados de contacto para você entrar em contacto estão em busca de algo além da venda e compra de produtos.

Eles querem ser educados e orientados para decidir inteligente.

É por isso que o foco do seu conteúdo não deve ser baseado apenas nas vendas.

Forneça informações impressionantes!

Mostre às pessoas que elas podem usar o que oferece na forma de material educacional.

Assim, capacita os seus clientes potenciais.

Como fazer uma boa sequência para recolher leads?

Já sabe o que são leads e também entendeu que eles precisam ser educados para se tornarem consumidores (nutrição de leads).

Mas sabe como alimentá-los?

Antes mesmo de pensar no conteúdo que disponibilizará, é necessário saber exatamente quem é o seu lead:

Em qual estágio da jornada (funil de vendas) ela está?

  1. 1
    Parte superior do funil (reconhecimento).
  2. 2
    Meio do funil (consideração).
  3. 3
    Fundo do funil (decisão).

Depois disso, é possível pensar numa boa sequência de nutrição de leads.

  • Use o email marketing com objetivos específicos para cada pessoa. Baseie os seus emails de acordo com o estágio do funil de vendas em que a pessoa se encontra.
  • Promova email marketing específico para cada lead. Pense numa sequência baseada num evento ou uma característica pessoal do seu público.
  • Envie newsletters. Envie conteúdo que possa educar e qualificar ainda mais o seu lead.
  • Crie um relacionamento com os seus clientes e leads atuais.
  • Defina intervalos de tempo para enviar emails. Não envie todo o conteúdo de uma vez para não encher a caixa de entrada dos seus leads.

Além de saber o que fazer, é importante entender o que não deve ser feito. Preste atenção a algum erro que precisa evitar.

Os mais comuns são:

  • Comprar listas de emails e enviar conteúdo para pessoas que não forneceram os seus emails por conta própria.
  • Não mapeando o conteúdo enviado.
  • Usando o email pessoal e não o da Empresa.
  • Não criar um caminho para levar a pessoa ao próximo estágio no funil de vendas.
  • Obtendo a proporção de conteúdo criado e enviado para cada etapa do funil de forma errada.
  • Não utilizar textos no corpo da mensagem e apenas enviar folhetos promocionais.
  • Atribuir pessoas diferentes para cada etapa da jornada do comprador. Lembre-se de que a pessoa é a mesma, mas pode estar em diferentes estágios de consciência.
  • Escrever apenas textos técnicos para a parte inferior do funil.

Após enviar o seu conteúdo para os leads, precisa analisar a sua estratégia.

Isso é importante porque perceberá o que funcionou e o que não funcionou.

Assim, pode ajustar os seus resultados para não repetir o mesmo erro.

Portanto, examine como os seus leads respondem ao seu email.

Verifique se os seus leads abriram a mensagem, baixaram conteúdo, quais assuntos são os mais pesquisados.

Então, será capaz de propor uma estratégia ainda melhor e tirar cada vez mais proveito da sua lista de emails de leads qualificados.

Porque deve trabalhar com essa estratégia?

Aumentar a base de clientes é um objetivo comum para muitas marcas.

E para isso é preciso conseguir novos leads. As pessoas interessadas no que pode oferecer são mais suscetíveis a se tornarem novos compradores.

Portanto, a importância de trabalhar com a estratégia de captura e fomento de leads é fundamental para que os contactos se tornem clientes.

E quanto mais satisfeitos eles estão com os seus produtos e serviços, mais pessoas promovem a sua marca.

Então, eles espalham informações sobre o seu produto para outras pessoas.

Portanto, pode promover os seus serviços de forma orgânica (sem a necessidade de altos investimentos).

Portanto, trabalhar com essa estratégia ajudará a aumentar o número de conversões de vendas.

E quanto mais vendas fizer, maior será o seu lucro. Sem falar que a sua marca será mais conhecida. E será um especialista no seu nicho de negócios.

Por isso, é importante pensar sempre em gerar leads, educá-los e torná-los clientes e fiéis embaixadores dos seus produtos.

Obrigado por ler este artigo. Espero que tenha ajudado a perceber o que são leads.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"89b00":{"name":"Main Accent","parent":-1},"f4f63":{"name":"Accent Dark","parent":"89b00","lock":{"saturation":1}}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"89b00":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"},"f4f63":{"val":"rgb(28, 40, 49)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"l":0.15,"s":0.27}}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"89b00":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45,"a":1}},"f4f63":{"val":"rgb(12, 17, 21)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"s":0.27,"l":0.06,"a":1}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Artigo Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"89b00":{"name":"Main Accent","parent":-1},"f4f63":{"name":"Accent Dark","parent":"89b00","lock":{"saturation":1}}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"89b00":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"},"f4f63":{"val":"rgb(28, 40, 49)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"l":0.15,"s":0.27}}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"89b00":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45,"a":1}},"f4f63":{"val":"rgb(12, 17, 21)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"s":0.27,"l":0.06,"a":1}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próximo Artigo

Sobre o Autor

Joao Botas

João é um profissional de marketing digital com mais de uma década de experiência em negócios online. Ao longo da sua carreira, ele ganhou experiência em todas as áreas do marketing digital, desde redes sociais até publicidade paga. Ele trabalhou em projetos de clientes e projetos de afiliados. Hoje, ele está focado em construir novos projetos e direcionar tráfego através de SEO e publicidade paga.