O meu objetivo número um, é ajudar os leitores a melhorar as suas vidas financeiras, e faço parcerias regularmente com empresas que partilham a mesma visão. Se a compra ou inscrição for feita através dos links dos nossos parceiros, recebo uma compensação pela indicação.

Tem as habilidades e o estilo. Pode criar como um profissional e deseja que as suas criações sejam vistas pelo maior número de olhos possível.

É provavelmente por isso que deseja saber como iniciar um negócio de artesanato.

Não se preocupe, com um pouco de criatividade e esforço, pode transformar a sua paixão num negócio completo.

Continue a ler para aprender como começar um negócio de venda de artesanato caseiro.

Lista de verificação de 10 etapas para iniciar um negócio online de artesanato

Antes de usar a sua pistola de cola quente, deve considerar estas etapas para aprender como iniciar um negócio de artesanato.

Essas etapas ajudarão a mantê-lo no caminho certo e garantir que você não se esqueça das tarefas importantes que o ajudarão a ter sucesso.

Etapa 1: Identifique o seu nicho

Como criativo, sabe que existe um mundo de possibilidades lá fora.

As suas habilidades de artesanato provavelmente podem se traduzir em muitos produtos diferentes, mas ao iniciar um negócio de artesanato, escolher um nicho de mercado é importante. 

Por exemplo, pode querer se concentrar num produto único que já domina, como velas. 

Quanto mais aromas e cores, melhor, mas ainda é tecnicamente um tipo de produto. 

Da mesma forma, pode escolher um tema específico para aplicar a uma variedade de produtos, como decorações de festas ou artigos de papelaria.

Qualquer que seja o caminho que você escolher, comece com um direcionado. 

Dessa forma, pode limitar o número de suprimentos de que precisa, formar uma identidade de marca e dominar o seu processo de produção rapidamente. 

Ao escolher em qual nicho construirá o seu negócio de artesanato, é importante considerar não apenas as suas habilidades e interesses, mas também o mercado.

Já existem cinco lojas de velas na sua pequena cidade? 

Nesse caso, pode não ser o nicho certo para você.

Faça uma análise de mercado completa para avaliar a sua concorrência e descobrir onde há vagas para os seus produtos exclusivos, bem como anotar como os negócios atuais operam, o que fazem bem e como os seus negócios podem melhorar.

Etapa 2: Escreva um plano de negócios

Se gosta do processo de elaboração, provavelmente também gosta de planear.

Assim como planeia o artesanato perfeito, precisa planear como fazer o seu negócio ter sucesso.

E é aí que entra a redação do seu plano de negócios.

Um plano de negócios sólido inclui várias secções que ajudarão a manter o seu negócio nos trilhos, delinear os seus planos para o seu negócio de artesanato e provar o seu valor para quaisquer investidores em potencial.

Mesmo se já lançou um negócio, vai querer fazer uma pausa e criar um plano de negócios de artesanato sólido. 

Embora um plano de negócios formal possa não ser tecnicamente necessário para um novo negócio de venda de artesanato feito em casa, ele ajudará-o a planear partes do seu negócio que pode não ter pensado completamente, como pesquisa de mercado ou estratégias de marketing e vendas.

A pesquisa de mercado é especialmente importante porque, mesmo que seja capaz de criar belos itens artesanais, é necessário demonstrar que existe mercado para eles. 

Caso contrário, não terá um negócio lucrativo.

Dito isso, um plano de negócios artesanal não é apenas uma ferramenta vital para qualquer empresário, mas também será necessário se você optar por buscar financiamento para ajudar a lançar ou expandir o seu negócio.

Para tornar o processo mais fácil e certificar-se de que não perde nenhuma informação vital, pode usar um modelo de plano de negócios ou investir num software de plano de negócios.

Etapa 3: Escolha o nome da empresa

Ao compilar o seu plano de negócios, deve decidir sobre o nome da empresa.

O ideal é que o nome da sua empresa seja cativante, fácil de lembrar, descreva os tipos de produtos que a sua empresa venderá e informe a história que deseja.

Mas o mais importante, ele precisa estar disponível.

Antes de definir oficialmente um nome, verifique com o site da sua secretária de estado se o nome comercial escolhido já está em uso.

Uma rápida pesquisa no Google e em marcas registadas também o ajudará a cobrir as suas bases.

Uma vez que o seu nome for decidido, também deve considerar reservar o seu nome de domínio de negócios e identificadores nas redes sociais para estabelecer a sua marca.

Etapa 4: Selecione uma entidade comercial

O seu plano de negócios também o forçará a decidir como estruturar o seu negócio.

Quer seja um empresário em nome pessoal ou tenha uma equipa de confiança à sua disposição, terá de decidir sobre a estrutura jurídica do seu negócio.

Se não decidiu qual entidade de negócios é melhor para o seu negócio de artesanato, agora é uma ótima oportunidade para escolher.

Pode considerar uma sociedade unipessoal, sociedade de responsabilidade limitada para a sua estrutura de negócios.

Geralmente, se está apenas começando o seu negócio de artesanato, a sociedade unipessoal será a estrutura jurídica mais popular porque é a mais simples e fácil de configurar.

A desvantagem, entretanto, é que é pessoalmente responsável por quaisquer dívidas contraídas por sua empresa e pode estar sujeito a ações judiciais se os seus produtos causarem ferimentos ou danos a um cliente. 

Conforme a sua empresa cresce, pode pensar em fazer a transição para outras estruturas jurídicas, como uma sociedade por cotas.

Se não sabe qual deve ser a estrutura da sua empresa, converse com um advogado de negócios ou especialista em impostos sobre qual é a decisão certa para o seu negócio de artesanato.

Pode não querer gastar o dinheiro extra consultando um profissional, mas sua estrutura de negócios afetará os seus impostos, nível de risco e outros fatores importantes.

Após tomar a decisão, precisará registar o seu negócio de artesanato nas agências federais e estaduais necessárias.

Etapa 5: Defina os seus produtos e serviços

Lembra como definiu o seu nicho anteriormente?

Bem, é hora de ser ainda mais específico e delinear os produtos ou serviços que a sua empresa de artesanato fornecerá.

Se for um novo vendedor de artesanato, convém começar a vender produtos menores, como joias, canecas, adesivos, etc., porque não terá que pagar altas taxas para enviar os produtos.

Para ajudá-lo a definir melhor que tipo de produtos deseja vender, considere responder às seguintes perguntas:

  • Que tipo de produtos artesanais o inspiram?
  • Que artesanato tem experiência em fazer?
  • Como esses artesanatos se encaixam no seu nicho?
  • Qual é a procura de mercado para esses produtos?
  • Qual será o melhor lugar para vender esse artesanato?
  • O que vai cobrar?
  • Onde comprará os seus suprimentos?
  • Quanto custarão os suprimentos?
  • Quanto custará a produção?
  • Ainda precisa pesquisar ou desenvolver o seu produto?

Após responder a essas perguntas e ter um plano de negócios bem-acabado, pode usá-lo como um roteiro para levar o seu negócio de artesanato de um sonho a uma realidade de sucesso.

Etapa 6: Obtenha as licenças, autorizações e seguros adequados

Está pronto para trabalhar com afinco e fazer alguma papelada?

Mesmo que não seja sua atividade favorita, é vital para aprender como iniciar um negócio de artesanato.

Precisará certificar-se de que possui todas as licenças, autorizações e seguro necessários para iniciar o seu negócio de artesanato legalmente.

Afinal, a última coisa que quer é ser atingido com uma grande multa ou encontrar problemas legais assim que finalmente começar o seu negócio de artesanato.

Dependendo da sua localização, estrutura comercial e tipo de negócio, os tipos de licenciamento de que precisa podem variar.

Em particular, se começa o seu negócio de artesanato em casa, desejará examinar o licenciamento e as restrições de negócios domésticos, bem como o licenciamento de vendedor online, se for vender o seu artesanato online.

Mesmo se não pensar que contratará um funcionário tão cedo, há benefícios adicionais que vale a pena considerar. 

Finalmente, desejará obter um seguro de acidentes de trabalho. 

Isso nunca é uma má ideia, especialmente se tiver funcionários.

Se contratou algum funcionário, precisa ter seguro contra acidentes de trabalho, desemprego e invalidez.

Também pode precisar de seguro de responsabilidade geral e de propriedade comercial.

Licenças e seguro são outro motivo pelo qual pode querer se encontrar com um advogado de negócios. 

O aconselhamento profissional deles pode ajudar a proteger a sua empresa contra complicações futuras com a lei e garantir que atenda a todos os requisitos para iniciar o seu negócio de artesanato legalmente.

Etapa 7: Decida onde vender o seu artesanato

Sabe o que quer vender, mas onde vai vender os seus produtos?

Uma feira de artes e artesanato local ou um mercado de agricultores podem ser uma maneira discreta de testar as águas e obter feedback do cliente.

Ou pode começar a vender os seus produtos em mercados locais e lojas de consignação antes de abrir a sua própria loja.

Claro, sempre pode criar um site de comércio eletrónico ou vender num mercado digital, como:

Essas plataformas fornecem grande exposição para empresas artesanais e facilitam para os clientes encontrarem e comprar os seus produtos.

Mas, lembre-se de que os mercados digitais cobrarão taxas pelo uso das suas plataformas, que podem aumentar com o tempo.

Além disso, esses mercados também têm muita concorrência, então terá que dedicar muito tempo e esforço para fazer o seu negócio se destacar.

Há uma abundância de excelentes plataformas de comércio eletrónico para você escolher, então faça a sua pesquisa sobre a plataforma que melhor atenderá às suas necessidades e então pode começar a construir o site perfeito para o seu negócio de artesanato.

Etapa 8: Encontre financiamento para pequenas empresas

Agora que planeia levar o seu trabalho a uma escala maior, pode precisar de ajuda para cobrir as despesas.

Claro, a sua empresa pode começar tão pequena ou grande quanto quiser.

Mas se precisar de ajuda para tornar o seu negócio de artesanato uma realidade, pode buscar algumas opções de financiamento para pequenas empresas.

Finalmente, há uma variedade de opções disponíveis para você.

E lembre-se, o que funciona para uma empresa de artesanato pode não funcionar para a sua.

Tome o seu tempo para tomar essa decisão e confie no seu instinto.

  • Empréstimos comerciais: novos proprietários de empresas podem ter dificuldade em obter alguns empréstimos comerciais, mas se a sua empresa de artesanato estiver a operar com sucesso por alguns anos, pode se qualificar para esse tipo de financiamento.
  • Linhas de crédito comerciais: esse tipo de crédito tem mais flexibilidade do que um empréstimo comercial padrão. Isso ocorre porque uma linha de crédito empresarial fornece uma determinada quantia de dinheiro que pode sacar quando precisar cobrir o custo das despesas comerciais.
  • Cartões de crédito empresariais: considere solicitar um cartão de crédito empresarial se for o proprietário de uma empresa iniciante, sem histórico de crédito ou tempo gasto no negócio. Pode descobrir que um cartão de crédito empresarial é uma opção mais acessível. Sem mencionar que um cartão de crédito com APR de 0% introdutório é como ter um empréstimo sem juros, contanto que pague o seu saldo antes que a oferta introdutória termine e uma APR variável seja estabelecida.
  • Financiamento de equipamento: se precisa de equipamento para produzir o seu artesanato, como máquinas de costura, pode considerar o financiamento de equipamento. Para esse tipo de financiamento, um credor irá emprestar dinheiro especificamente para financiar a compra de equipamentos. O equipamento será a garantia do empréstimo, por isso pode ser mais fácil se qualificar para esse tipo de financiamento.
  • Financiamento de startups: para negócios novos, verifique as opções de financiamento de startups. Pode se qualificar para um microcrédito da SBA ou uma concessão comercial. Crowdfunding também é uma opção popular atualmente para financiamento de inicialização rápida - especialmente para empresas divertidas e criativas baseadas em produtos (como uma empresa de artesanato).

Dito isso, uma vez que tenha fundos, despesas ou receitas, é importante manter as suas despesas pessoais e comerciais separadas.

Pode fazer isso abrindo uma conta bancária comercial.

Vai querer considerar uma conta poupança empresarial ou uma conta-corrente empresarial.

Geralmente, as novas empresas optam por uma conta-corrente empresarial.

Empresas mais estabelecidas, com muito dinheiro em caixa, são mais bem atendidas por uma conta de poupança para que possam receber juros sobre o saldo.

Etapa 9: Peça e organize os seus suprimentos de artesanato

O próximo passo para aprender como iniciar um negócio de artesanato?

Encontrar suprimentos.

Quando o artesanato era apenas um passatempo, você provavelmente se contentava em ir até à loja de artesanato local para comprar suprimentos.

Embora ainda seja uma opção, pode querer pensar maior. 

É provável que encontre os seus suprimentos mais baratos comprando-os, a granel num fornecedor armazenista.

Comprar suprimentos (provavelmente online) ajudará você a encontrar as melhores ofertas possíveis.

Mas antes de começar a comprar, deve calcular quanto stock precisa carregar.

Saber exatamente que tipo de suprimentos precisa e em que quantidade tornará muito mais fácil encontrar um fornecedor.

Sem falar que essa será a melhor maneira de estimar o custo dos seus suprimentos.

Não tenha medo de perguntar a outros artesãos renomeados onde eles compram os seus suprimentos, certamente muitos outros empreendedores ficarão felizes em compartilhar as suas dicas privilegiadas. 

Assim que os seus suprimentos estiverem a caminho, precisará de um sistema de inventário confiável que possa seguir.

A última coisa de que precisa é ficar sem suprimentos antes de fazer um grande pedido.

Uma maneira fácil de se organizar é usar um aplicativo de gestão de stocks. 

Esses aplicativos irão ajudá-lo a controlar as idas e vindas dos seus suprimentos.

Etapa 10: Comece a comercializar os seus produtos

Neste ponto, quase concluiu a minha lista de verificação para iniciar um negócio de artesanato. 

Portanto, agora que tem o nome e a marca de uma empresa, um site de negócios profissional e sabe quais produtos a sua empresa de artesanato venderá, é hora de começar a espalhar a palavra para que possa angariar uma base de clientes estável.

Um plano de marketing empresarial sólido garantirá uma abordagem completa para anunciar a sua empresa.

Ao desenvolver esse plano, pode pensar em como exibir os seus produtos de uma forma divertida e atraente.

Se não protegeu os seus identificadores de redes sociais, vai querer fazê-lo agora e começar a publicar imagens dos seus produtos artesanais exclusivos.

O Instagram e Facebook não serão negociáveis para a sua estratégia de marketing de negócios. 

No geral, quando se trata de planear a sua estratégia de marketing e plano de vendas, considere duas coisas, promoção e posicionamento.

Esses dois fatores ajudarão a sua estratégia de marketing a ter sucesso.

Como pode posicionar com sucesso os seus produtos para os clientes?

Explicando o que os torna especiais e valiosos.

Identificar a sua posição é o que "vender".

Após fazer uma venda, pode usá-la como base para o seu plano promocional.

O objetivo final do seu plano promocional deve ser fazer com que os seus produtos sejam exibidos para o maior número possível de clientes em potencial.

Conclusão

No final do dia, não há dúvida de que tem a criatividade, o ímpeto e, o mais importante, as habilidades para transformar a ideia de negócio dos seus sonhos em realidade.

Além disso, neste ponto, agora está pronto para escrever um plano de negócios, obter as licenças e seguros certos, garantir o financiamento do negócio e solicitar suprimentos.

E, com todas essas informações aqui para orientá-lo sobre como iniciar um negócio de artesanato, pode voltar a fazer o trabalho que adora.

Saiba Como Criar um Negócio Online!

Abrir um negócio online é um desejo de muitos, mas pode ser desafiador. Estou aqui para ajudá-lo e mostrar tudo o que precisa saber se quer ingressar neste universo!

Artigos relacionados

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"89b00":{"name":"Main Accent","parent":-1},"f4f63":{"name":"Accent Dark","parent":"89b00","lock":{"saturation":1}}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"89b00":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"},"f4f63":{"val":"rgb(28, 40, 49)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"l":0.15,"s":0.27}}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"89b00":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45,"a":1}},"f4f63":{"val":"rgb(12, 17, 21)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"s":0.27,"l":0.06,"a":1}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Artigo Anterior
__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"89b00":{"name":"Main Accent","parent":-1},"f4f63":{"name":"Accent Dark","parent":"89b00","lock":{"saturation":1}}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"89b00":{"val":"var(--tcb-skin-color-0)"},"f4f63":{"val":"rgb(28, 40, 49)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"l":0.15,"s":0.27}}},"gradients":[]},"original":{"colors":{"89b00":{"val":"rgb(19, 114, 211)","hsl":{"h":210,"s":0.83,"l":0.45,"a":1}},"f4f63":{"val":"rgb(12, 17, 21)","hsl_parent_dependency":{"h":206,"s":0.27,"l":0.06,"a":1}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
Próximo Artigo

Sobre o Autor

Joao Botas

João é um profissional de marketing digital com mais de uma década de experiência em negócios online. Ao longo da sua carreira, ele ganhou experiência em todas as áreas do marketing digital, desde redes sociais até publicidade paga. Ele trabalhou em projetos de clientes e projetos de afiliados. Hoje, ele está focado em construir novos projetos e direcionar tráfego através de SEO e publicidade paga.